Notícias - Variedades

CCR NovaDutra completa 25 anos de operação da via Dutra

Pioneira e inovadora, Concessionária transformou a rodovia e contribuiu para o desenvolvimento de cidades lindeiras

 

A CCR NovaDutra completa, nesta segunda-feira (01/03), 25 anos de administração da rodovia Presidente Dutra, considerada a rodovia mais importante do país. Nesses 25 anos de administração e operação, a concessionária investiu mais de R$ 23 bilhões na recuperação e modernização da rodovia. Em seus 402 quilômetros, a Via Dutra atende diretamente a 36 municípios, incluindo as capitais São Paulo e Rio de Janeiro, que, somados, compreendem uma população aproximada de 25 milhões de habitantes.

CCR NovaDutra registra queda no número de vítimas fatais na rodovia

Campanhas de segurança são fundamentais para a conscientização dos motoristas e motociclistas no trânsito

 

Em 2020, a CCR NovaDutra registrou queda de 6% nos índices de mortes na Via Dutra, se comparado com o ano de 2019. O balanço aponta que, em 2020, foram 141 vítimas fatais contra 151 do ano anterior. Considerando os números desde o início da concessão, em 1996, quando a rodovia começou a receber investimentos em infraestrutura, tecnologia e inovação, os números são ainda mais positivos. As campanhas de orientação e segurança são consideradas medidas fundamentais para a redução dos números.

‘Vou de cinto, em Resende (RJ), orienta mais de 450 passageiros de ônibus

Em um dos ônibus abordados todos os 65 passageiros estavam sem o cinto de segurança

 

Aconteceu hoje, dia 23/02, no posto de pesagem de veículos (PPV), no km 301 da pista sentido São Paulo, em Resende, no Sul Fluminense (RJ) mais uma ação educativa ‘Vou de cinto’, realizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), em parceria com a CCR NovaDutra. Em seis horas de ação, foram abordados 23 ônibus e orientados 451 passageiros sobre a importância de usar o cinto de segurança durante a viagem. Um dos ônibus abordados fazia a rota Bahia-São Paulo e todos os 65 passageiros estavam sem o cinto de segurança. Desde 1999, todo passageiro é obrigado a utilizar o equipamento de segurança. O não uso do equipamento é considerado uma infração grave, com multa no valor de R$ 195,23, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Governo do Estado articula ações de ajuda humanitária para o Noroeste Fluminense

Secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Saúde e Defesa Civil estão na região para acompanhar a situação após chuva forte e cheia dos rios

 

O Governo do Estado, por meio das secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Saúde e Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, está com equipes, desde o último domingo (21/02), no Noroeste Fluminense para articular as ações humanitárias junto aos municípios atingidos pela forte chuva e a consequente cheia dos rios Carangola, Muriaé e Itabapoana. Bom Jesus do Itabapoana e Porciúncula foram as cidades priorizadas por terem sido as mais atingidas.

 

Conscientização: Motoristas e passageiros de ônibus serão orientados sobre o uso de cinto de segurança durante a viagem

Ação acontece nesta terça-feira, 23/02, em Resende (RJ) das 10h às 16h, com orientações e dicas de segurança

 

Desde 1999, todo passageiro de ônibus de turismo é obrigado a utilizar o cinto de segurança durante toda a sua viagem. Levantamento realizado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), revelou que seis em cada 10 passageiros não utilizam o cinto de segurança em viagens de ônibus.

Governo do Estado lança programa de parcelamento de débitos tributários

Reduções de juros e multas podem chegar a 90% do valor devido

 

O Estado do Rio de Janeiro acaba de lançar o Programa Especial de Parcelamento de Créditos Tributários (PEP), que dá aos contribuintes a oportunidade de quitar dívidas relacionadas ao ICMS. Diante de um difícil cenário econômico provocado pela pandemia da Covid-19, em que as empresas tiveram limitações para estar em dia com o Fisco, o PEP-ICMS vem a ajudar nessa regularização. Ao mesmo tempo, o programa - instituído pela Lei Complementar 189/20, regulamentado pelo Decreto 47.488/21 e publicado nesta quarta-feira (17/02) no Diário Oficial - garante ao Estado do Rio uma recuperação mais rápida das receitas tributárias perdidas por causa da recessão econômica provocada pela pandemia.

 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021