Notícias - Resende

Em homenagem aos profissionais da Enfermagem, a programação inclui participação de parte da Banda da Casa da Cultura, com o projeto musical ‘Dias Melhores’

 

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), uma categoria profissional de destaque vem sendo homenageada no Hospital Municipal de Emergência (HME) Henrique Sérgio Gregori, no bairro Jardim Jalisco, e na Santa Casa de Misericórdia de Resende, no Lavapés, durante a Semana da Enfermagem. Os eventos singelos, alusivos ao Dia Internacional da Enfermagem, celebrado em 12 de maio, visam reconhecer o papel fundamental desempenhado por todos os profissionais do ramo, especialmente, no enfrentamento ao novo coronavírus. A programação das duas unidades inclui a participação de parte da Banda da Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda (FCCMM), com o projeto musical ‘Dias Melhores’, desenvolvido pela Prefeitura de Resende.

 

Na sexta, dia 14, por volta de 10h, haverá uma homenagem aos profissionais da saúde na Santa Casa, com um repertório especial selecionado pelo projeto ‘Dias Melhores’. As confraternizações do HME começaram na quarta-feira, dia 12, com café da tarde e música ao vivo do ‘Dias Melhores’. Criado em 30 de abril de 2020, um novo formato do projeto ‘Dias Melhores’ já vem percorrendo as alas e setores do HME, com o objetivo de levar alegria e descontração para os pacientes e seus familiares e toda a equipe da unidade. Nesta sexta-feira, dia 14 de maio, às 16h, no refeitório do Hospital de Emergência, em substituição às festividades tradicionais, haverá um café da tarde ao som de parte da Banda da Casa da Cultura.

 

O prefeito de Resende, Diogo Balieiro Diniz, destacou que todo profissional da Enfermagem do município deve ser reconhecido pela sua dedicação à recuperação dos pacientes, de maneira especial, durante esta pandemia.

 

— O ofício do técnico de enfermagem e do enfermeiro merece ser valorizado, com atenção especial neste período de pandemia que é um grande desafio da área da saúde. São heróis que fazem toda a diferença no processo doloroso de perda, dor e tristeza daqueles que necessitam de cuidados. Cada vez mais, os profissionais deste ramo estão sendo capacitados para um trabalho humanizado nas unidades da cidade. Agora, é a vez de agradecer cada um deles pelo seu desempenho e coragem na difícil arte de curar e trazer conforto em momentos difíceis! Vale destacar que, somente no HME, são mais de 350 trabalhadores, ou melhor, batalhadores, entre enfermeiros, técnicos em enfermagem, auxiliares de enfermagem, acadêmicos e estagiários, em atuação – frisa.

Foto: Raimundo Brasil
Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021