Notícias

Idosa que se recuperou da Covid-19 em 2020 recebe vacina contra o vírus em Volta Redonda

Mulher, de 97 anos, foi vacinada pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde no Asilo Dom Bosco 

 

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou a vacinação contra a Covid-19, na manhã desta quarta-feira, dia 20, nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e em pessoas institucionalizadas com deficiência no município. 

 

A Instituição João Miguel da Silva (Asilo Dom Bosco) recebeu 36 doses da vacina. A primeira pessoa a receber a dose foi uma idosa, de 97 anos, infectada pela doença em julho do ano passado. Ela chegou a ficar internada por aproximadamente um mês no Hospital Regional do Médio Paraíba, por isso, foi classificada como prioridade de vacinação devido ao risco de reinfecção. 

 

A Secretaria Municipal de Saúde também vacinou os cuidadores e profissionais de saúde que mantêm contato direto com os idosos. Segundo a gerente da unidade, Eliete Maria Carneiro, a mulher vacinada não possui comorbidades e sua recuperação pós-Covid foi considerada como "um milagre". A ILPI é mantida pela AAP-VR (Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda). 

 

Ainda segundo Eliete, a idosa apresentou sintomas leves da doença, como diarréia, tosse e febre. “No período em que ela ficou internada, não foi necessária a intubação”, disse Eliete. A mulher vacinada comentou que estava se sentindo feliz, pois teme ser reinfectada pelo vírus. Ela disse ainda que,  quando esteve internada, ficou debilitada, mas em seguida se recuperou. 

 

A gerente Eliete Carneiro explicou que desde o início da pandemia, o asilo suspendeu as visitas dos familiares aos idosos e modificou completamente a rotina do local, inserindo medidas mais rigorosas de higienização por todos. “Até hoje as visitas estão suspensas e, além disso, intensificamos as medidas de combate ao vírus. A vinda da vacina muito nos anima e nos traz alegria em meio a esse momento doloroso da pandemia”, comentou Eliete.

 

A gerente da ILPI João Miguel da Silva (Asilo Dom Bosco) relembrou ainda que outros idosos da unidade também foram infectados pela Covid-19, sendo que duas idosas morreram por complicações do vírus. Um dos casos divulgados pela imprensa na época foi a da senhora conhecida como “Vó Rosa”, de 110 anos, que morreu no Hospital Regional. 

 

A ILPI não autorizou a divulgação do nome dos idosos que receberam a vacina.

Compartilhe

 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021