Cinturão de segurança aborda mais de 211 mil veículos em Volta Redonda

Cinturão de segurança aborda mais de 211 mil veículos em Volta Redonda

Mais de 5 mil precisaram retornar ao tentarem acessar o município; medida preventiva visa reduzir a circulação do novo coronavírus 

 

A Prefeitura de Volta Redonda segue intensificando suas ações no combate à pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Com o objetivo de reduzir a circulação do vírus, os bloqueios nas entradas do município têm obtido resultados positivos, com mais de 211 mil abordagens a veículos. Os dados são contabilizados desde o dia 20 de março pela Guarda Municipal (GMVR), que também atua orientando os motoristas. 

 

O fechamento de vias faz parte do Decreto Municipal 16.147 que determina a proibição do acesso à cidade de carros, motos, táxis e transporte por aplicativo, oriundos de outros municípios, a não ser que o passageiro comprove sua residência em Volta Redonda. 

 

“Queremos garantir nossa capacidade de atendimento na rede municipal de saúde e preservar os moradores de nossa cidade. É importante a conscientização de todos sobre a necessidade de, se possível, praticar o isolamento social e só sair de casa quando for realmente necessário”, afirmou o prefeito Samuca Silva. 

 

O balanço da Guarda Municipal registra ainda que mais de 5 mil veículos precisaram retornar após serem abordados. Além dos agentes da GMVR, o cinturão conta ainda com profissionais da Saúde, que atuam também orientando e medindo a temperatura dos ocupantes dos veículos, além de barreiras físicas (manilhas). 

 

Bloqueios estão distribuídos em quatro regiões

 

Um dos bloqueios implementados pela prefeitura está na Rodovia BR-393, para quem vem do Santo Agostinho e deseja acessar a Avenida Radial Leste. Também há outro ponto com fechamento de via no retorno, para quem segue no sentido oposto (Jardim Amália-Santo Agostinho). 

 

No bairro Água Limpa, há fechamento no acesso ao Túnel 20 e à Rua Rio Araguaia, para quem vem de Pinheiral e da Rodovia do Contorno. Outro ponto de bloqueio é no acesso à Avenida Francisco Crisóstomos Tôrres, no bairro São Luís, pela rua lateral ao posto BR-393.

 

No Santo Agostinho, são dois pontos de bloqueio para quem vem pela BR-393, no sentido Barra do Piraí-Volta Redonda. Ficam no primeiro acesso à Rua Arlindo Soares (próximo à Rodovia do Contorno), e no último acesso à mesma via, pela Estrada Lateral. 

 

Secom/VR

 

Leia também: