Campanha “Se beber, não dirija” da CCR NovaDutra alerta sobre os perigos do álcool no trânsito

Campanha “Se beber, não dirija” da CCR NovaDutra alerta sobre os perigos do álcool no trânsito

Serão realizadas ações educativas com a distribuição de folhetos, mensagens nos PMVs e dicas de segurança na programação da CCRFM

 

É cada vez maior o número de pessoas que morrem vítimas de acidente de trânsito provocado por motoristas que dirigiam embriagados. Relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgado em 2018, revelou que mais de 3 milhões de pessoas morrem por uso nocivo de álcool, sendo a cerveja a bebida mais consumida, principalmente entre jovens com idades entre 20 e 39 anos. Do total de mortes, 28% são resultado de lesões, como as causadas por acidentes de trânsito.

 

A médica da Concessionária CCR NovaDutra, Cacilda Couto, explica quais são os efeitos e como o álcool age no organismo do motorista. De acordo com ela, o álcool provoca danos imediatos, mas também a médio e a longo prazo. “O corpo tem dificuldades para eliminar o álcool, podendo levar de 12h a 24h. Entre os danos provocados está a diminuição da capacidade de concentração e raciocínio, reflexo e a força muscular”, explica a médica. 

 

Ainda, segundo Cacilda, além de afetar os sistemas nervoso e motor, o álcool prejudica a capacidade de decisão do motorista. “Sob efeito de álcool o motorista tem a capacidade de percepção reduzida em vários sentidos. Na realidade, o álcool causa uma diminuição da capacidade neurológica, e, consequentemente dos órgãos de sentido. Diminui a visão periférica, a percepção de movimentos laterais, a visão de obstáculos. O mais importante é se beber, não dirija”, acrescenta Cacilda.

 

Campanha

 

Mesmo sabendo dos riscos, muitos motoristas insistem em dirigir após consumirem bebidas alcóolicas. Por esse motivo, a CCR NovaDutra inicia nesta segunda-feira (10/02) a campanha de segurança e conscientização sobre os riscos de dirigir após o consumo de bebida alcóolica. A ação educativa terá a distribuição de folhetos da campanha “Dirija com Responsa. Se beber, não dirija”, veiculação de dicas de segurança na programação da CCRFM 107,5, mensagens nos Painéis de Mensagens Variáveis (PMVs) e a instalação de faixas educativas ao longo da rodovia. 

 

De forma lúdica, a campanha utiliza duas ideias ruins na época de Carnaval: o “Beberrones”, que junta bebida e direção, e o “Pé-de-Chumbo”, que gosta de acelerar demais nas rodovias. Para combatê-las existe o personagem Responsa, arqui-inimigo das más ideias de trânsito. 

 

Segundo o Gestor de Atendimento da CCR NovaDutra, Virgílio Leocádio, é importante reforçar a conscientização dos riscos da mistura bebida e direção neste período do ano. “O Carnaval é um momento em que as pessoas querem diversão e acabam esquecendo de cuidados básicos de segurança rodoviária. Dirigir sob o efeito de bebida alcoólica coloca não apenas o motorista em risco, mas também a vida de familiares e de outros usuários”, ressalta Virgílio. 

 

Escolha alternativas inteligentes e curta o Carnaval com segurança! 

 

Entregue o carro a uma pessoa habilitada que não tenha consumido bebida alcoólica;

Utilize transportes alternativo, divida uma carona e determine um motorista da vez;

Não aceite carona de pessoas que beberam e que se consideram aptas para dirigir.

Leia também: