Havan recebe alvará para construção de loja em Resende

Havan recebe alvará para construção de loja em Resende

Documento foi entregue a executivos do grupo para obras serem efetivamente iniciadas com geração de 300 empregos

 

O grupo da gigante varejista Havan recebeu o alvará que permite a construção da futura loja em Resende, nesta terça-feira, 21, em ato realizado no local que abrigará o empreendimento, no bairro Paraíso. A entrega foi feita pelo  secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Tiago Diniz, ao diretor de expansão da empresa, Nilton Hang.

 

 

Com o documento em mãos, o grupo vai começar efetivamente as obras físicas do novo empreendimento. A partir daí, serão gerados 300 empregos diretos até a loja ser erguida. Com a inauguração e os trabalhos em andamento, a Havan vai manter 200 empregos na unidade de Resende. "Com a instalação desse novo empreendimento na nossa cidade, estamos conversando com outras empresas que já estão interessadas em vir também", disse o prefeito Diogo Balieiro Diniz.

 

Havan recebe alvará para construção de loja em Resende

 

Antes do alvará, o grupo empresarial fez no terreno os chamados trabalhos de base, preparando a fundação do futuro prédio. Mesmo diante da crise econômica nacional e estadual, Resende tem conseguido bons resultados na geração de emprego e renda. Foi, por exemplo, a cidade que mais gerou empregos no Estado do Rio em 2017 e teve resultados positivos em 2018 e 2019.

 

Também no ano passado,  a consultoria Urban Systems elaborou um estudo, que será divulgado nacionalmente pela próxima edição da Revista Exame, com o "Ranking das Melhores Cidades para Fazer Negócios". O estudo, que é produzido anualmente e lista as 100 cidades com maior potencial no setor, tem Resende em 26ª lugar.

 

 

Com um detalhe: o levantamento de 2018 mostrava a cidade em 66ª lugar, o que confirma o momento de ascensão. O município é ainda o único da região Sul Fluminense a figurar no ranking e saltou do terceiro para o segundo lugar quando se leva em conta apenas o Estado do Rio, ficando atrás agora apenas de Niterói.

 

Fotos: Gleisiane Carvalho

Leia também: