Pinheiral adere a campanha “sinal vermelho” em combate a violência doméstica

Pinheiral adere a campanha “sinal vermelho” em combate a violência doméstica

 

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, da Prefeitura de Pinheiral, por meio da Coordenadoria da Mulher aderiu à campanha “Sinal Vermelho”, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), de 10 de junho, que tem como objetivo combater a violência doméstica durante o período causado pela pandemia da Covid-19 com o auxílio das farmácias dos municípios.

 

Levando em conta que muitas mulheres vítimas de violência doméstica têm dificuldades para denunciar o agressor, principalmente em um momento de isolamento social, a campanha “Sinal Vermelho” vem para facilitar o ato da denúncia. Para receber ajuda a mulher deve comparecer a farmácia com um “X” vermelho desenhado na mão que depois de identificado pelo atendente, notificará imediatamente a polícia através do número 199. Além disso, em Pinheiral, como forma de complementar a campanha está sendo feita a orientação da população quanto aos diferentes tipos de violência doméstica existentes como física, emocional e financeira, além da distribuição gratuita de máscaras e a divulgação da Rede de Atendimento à Mulher Vítima e Violência.

 

Patrícia Rivello, secretária da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, falou sobre a relevância da campanha no momento atual.

 

“Nosso objetivo é que, mesmo em meio à pandemia, nós possamos continuar protegendo nossas mulheres e as incentivando a participar da campanha, sabendo que podem buscar auxílio e amparo em nossos serviços. É importante ressaltar que todas as farmácias da cidade já estão cientes da campanha, atuando em comum acordo com nossa secretaria”, disse a secretária.

 

A Coordenadoria da Mulher fica localizada na Rua Bulhões de Carvalho, número 151, bairro Rolamão, em Pinheiral.

 

Leia também: