Notícias - Barra Mansa

Nesta quinta-feira, também foram imunizadas pessoas de grupos anteriores que perderam a data da vacina; receberam a segunda dose aqueles que estavam previamente agendados

A vacinação anti Covid prosseguiu nesta quinta-feira (13), em Barra Mansa, com a aplicação da 1ª dose da Astrazeca em grupos anteriores que por algum motivo perderam a data da imunização e a dose complementar em pessoas previamente agendadas. O antígeno também foi administrado em pessoas portadoras de deficiência permanente com idade entre 45 e 59 anos.

Como tem ocorrido sistematicamente, a iniciativa foi realizada no Parque da Cidade, em sistema drive thru para aqueles que chegaram de carro ao local; pedestres foram vacinados em uma tenda estruturada para esta finalidade.

Para evitar aglomerações e o contágio pelo coronavírus, de 8 às 12 horas, foram vacinadas as pessoas nascidas de janeiro a junho e de 12 às 16 horas, aquelas nascidas de julho a dezembro.

Secretaria de Saúde alcança 7.136 pessoas portadoras de comorbidades com a primeira dose da vacina contra a Covid-19

Até o fim da tarde desta quarta-feira (12), a Secretaria de Saúde de Barra Mansa havia vacinado 7.136 pessoas com comorbidades com a dose inicial da Astrazeneca/Oxford, produzida no Brasil pela Fiocruz (RJ).

Segundo informações do setor de Imunização receberam a primeira dose do imunizante:

Diabéticos – 3.460 pessoas

Hipertensos – 1.060 pessoas

Cardiopatas – 374 pessoas

Cerebrovascular – 44 pessoas

Pneumopatias – 557 pessoas

Síndrome de Down – 63 pessoas

Deficientes intelectuais – 94 pessoas

Autistas – 106 pessoas

Portadores de HIV – 41 pessoas

Pacientes oncológicos – 09 pessoas

Renal crônico – 106 pessoas

Transplantados – 11 pessoas

Imunussuprimidos – 262 pessoas

Anemia facilforme  – 24 pessoas

Cirrose – 10 pessoas

Obesidade – 678 pessoas

Gestantes – 207 pessoas

A segunda dose do antígeno foi administrada em 04 pessoas em tratamento oncológico, 30 pacientes renais crônicos e 04 transplantados.

Por determinação do Ministério da Saúde está semana foram suspensas a vacinação com o antígeno da Astrazeneca em gestantes devido ao resultado do monitoramento de um caso adverso, que está sendo analisado pelo órgão. A imunização em professores e profissionais da educação também foi cancelada conforme recomendação do STF (Supremo Tribunal Federal). O órgão entendeu que os referidos grupos não estão incluídos como prioritários no Plano Nacional de Imunização.

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021