Banner 776 x 186 topo

Guia comercial e classificados on-line.

Trabalhos de recuperação da via devem durar cerca de 15 dias

A Defesa Civil interditou na manhã desta quarta-feira, dia 4, a estrada da Limeira, que liga o município de Resende a localidade de Formoso, em São José do Barreiro (SP). A via, que tem início logo após o Parque Ipiranga, está fechada para o tráfego de veículos a partir do quilômetro 15, logo após a fazenda Bela Vista. A medida foi necessária em razão das fortes chuvas que atingiram a região na noite de ontem (terça, 3) e que provocaram o rompimento de manilhas por onde passava um córrego. A interdição não afeta o acesso ao município Arapei, cuja entrada fica antes do local onde houve o problema.

 

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, que já está atuando no local, os trabalhos de reconstrução do manilhamento deverá durar cerca de 15 dias. Durante este período, a estrada permanecerá fechada a partir do quilômetro 15. Nesse caso, a rota alternativa para chegar ao município de São José do Barreiro é a Estrada Resende-Riachuelo, com acesso após a região da Grande Alegria.

Ainda segundo a Defesa Civil, além da obstrução da estrada da Limeira, a chuva, que começou por volta das 20h e durou cerca de 60 minutos, também provocou alagamentos em alguns pontos da cidade. No bairro Cidade Alegria, também houve a queda do muro da empresa São Miguel. Nos dois casos não houve vítimas. Também em função das fortes chuvas que caíram na região de Formoso durante toda a noite, o nível do Rio Sesmaria, que corta a cidade desde o Ipiranga até o Centro, onde deságua no Paraíba do Sul, subiu 3,8 metros, ficando a 20 centímetros de transbordar.

Muito volume em pouco tempo

A estimativa da Defesa Civil é que o temporal que atingiu a cidade na noite de ontem tenha alcançado um volume de 60 milímetros na região do Manejo, Grande Alegria, Ipiranga e estrada da Limeira. Já nas regiões do Grande Paraíso, Campos Elíseos e AMAN (Academia Militar das Agulhas Negras), foram registrados 30 milímetros de chuva em pouco mais de 60 minutos.

 

Ações de conscientização são intensificadas no Centro da cidade com objetivo de envolver moradores e comerciantes no programa

O Saae – BM (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) está intensificando a distribuição de informativos sobre a coleta seletiva no Centro da cidade. A medida visa conscientizar lojistas e moradores sobre a importância do procedimento como maneira de preservar o meio ambiente, aumentando o tempo de vida útil do aterro sanitário e economizando recursos ambientais, além de viabilizar economia com os serviços de limpeza urbana e gerar oportunidade de renda para os catadores de recicláveis.

 

 

Implantada no último dia 16, a coleta seletiva no Centro ainda necessita de maior adesão da sociedade. É o que afirma o gerente de Destinação Final de Resíduos e responsável pelo programa, Sérgio Antônio da Silva. “Os geradores de resíduos ainda não se atentaram para a responsabilidade que o município tem a partir do desenvolvimento da coleta seletiva do lixo. Neste contexto, estamos retornando as lojas, edifícios, salas comerciais e residências entregando o material com instruções e orientações sobre o programa e solicitando que cada um disponibilize o lixo reciclável produzido, de forma adequada, no horário determinado pela autarquia”, disse Sérgio.

De acordo com o gerente, posterior a esta orientação inicial, serão entregues notificações individuais informativas com abordagem na Lei Federal 12.305/2010, que trata sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos. “A legislação estabelece princípios, objetivos, instrumentos e diretrizes para a gestão e gerenciamento dos resíduos sólidos. Também as responsabilidades dos geradores, do poder público, e dos consumidores, bem como os instrumentos econômicos aplicáveis para a produção do lixo e sua destinação adequada. A lei consagra um longo processo de amadurecimento de conceitos e princípios, como a prevenção e precaução, do poluidor-pagador, da eco-eficiência e a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida do produto”, destacou.

Também estão previstas novas reuniões com a CDL-BM (Câmara de Dirigentes Lojistas) e Aciap-BM (Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços) para tratar do assunto. “Vamos solicitar maior apoio destas entidades para o desenvolvimento do programa e esclarecer acerca da importância do trabalho realizado de maneira cooperada, procedimento que viabiliza a geração de renda e a participação social dos catadores, já que permite a contribuição destes trabalhadores com a Previdência Social, garantindo direitos como a aposentadoria. Importante destacar que a coleta realizada pelo catador individual e informal dentro das lojas não é proibida, porém o lojista deve se atentar para duas situações: qual o destino que o catador está dando para este material, já que caso haja descarte irregular, o comerciante poderá ser responsabilizado, e sobre a sua contribuição para manter o catador na informalidade”, esclareceu.

A coleta seletiva no Centro é realizada pelo Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), em parceria com a CoopCat (Cooperativa de Catadores de Barra Mansa), de segunda à sexta-feira, de 13h15 às 17 horas. O serviço é efetuado criteriosamente dentro do horário estipulado, assim sendo, comerciantes e moradores devem disponibilizar o lixo reciclável para a coleta seletiva pelo menos cinco minutos antes do horário divulgado pela autarquia.

Diversos bairros do município como: Ano Bom, Parque Independência, Vila Orlandélia, Santa Rosa, Ary Parreiras, Piteiras, Boa Sorte, São Luiz, Colônia Santo Antônio, Água Comprida, Vila Nova, Jardim Boa Vista, Nossa Senhora de Fátima, São Silvestre, Morro do Cruzeiro e Verbo Divino, além de alguns condomínios, edifícios e empresas como supermercados e escolas já recebem o serviço de coleta seletiva. Ainda este ano, existe a perspectiva de que o projeto seja implantado em outros 24 bairros.

O coordenador de Resíduos Sólidos do Saae, Jackson Rabelo, revelou que este ano a meta é dobrar a quantidade de material reciclável coletado. “Queremos passar das 100 toneladas de lixo reciclável recolhido em 2017 para 200 toneladas este ano. Este crescimento possibilitará a geração de pelo menos mais 20 postos de trabalho e aumento da renda média dos catadores da Coopcat, o que acaba retornando em investimentos no comércio da própria cidade”, ressaltou.

DICAS - O lixo seco, como papéis, papelão, metais, plásticos e vidros, deve ser acondicionado separadamente. Copos plásticos com restos de bebidas precisam ser lavados antes de irem para o lixo. É fundamental que o óleo de cozinha seja colocado em garrafas Pets para a coleta seletiva.

Já o lixo orgânico, como restos de comida, cascas de frutas e legumes, deve ser disponibilizados para a coleta de lixo comum. Enquanto o lixo eletrônico, como monitores de computador, aparelhos celular, impressoras e afins devem ser descartados em empresas e cooperativas próprias na área de reciclagem deste tipo de material.

ROTEIRO DA COLETA SELETIVA

  

13:15 às 14:00hs- Centro

Av. Domingos Mariano (lado direito) e transversais direitas

Rua José Marcelino de Camargo (até o viaduto) e transversais

Rua Prefeito João Chiesse (até o Parque da Cidade) e transversais

Av. Domingos Mariano (lado esquerdo)

 

14:00hs às 14:45 hs –Centro

Av. Joaquim Leite (lado direito) e transversais direitas

Rua Dario Aragão (do Posto São Filipe até a Praça da Liberdade) e transversais

Rua Orozimbo Ribeiro (da Praça Liberdade até a esquina e José Martorano)

Rua José Martorano

Av. Joaquim Leite (lado esquerdo)

 

14:45 às 15:00 hs – Centro

Rua Prefeito Mário Pinto dos Reis

Rua Bernardino Silva

 

15:00 às 15:40 hs – Centro

Rua Barão de Guapi

Rua Jansen de Melo (até o inicio do Morro do Cruzeiro)

Rua São Sebastião

Rua Monsenhor Costa

Rua José Cardoso Guimarães Cotia

Rua José Alves Caldeira (até esquina da Rua Dr. Mário Ramos)

Rua Ver. Pinho de Carvalho

Rua José Maria da Cruz

Rua Madre Filomena

Rua Dr. Mário Ramos

 

15:40 às 16:20 hs – Centro e Estamparia

Av. Francisco Vilela e transversais

Rua Ary Fontinelli e transversais (até o Viaduto do SESI)

Rua Dário Aragão e transversais (até a Praça LargoNSª da Glória)

 

16:20 às 17:00 hs – Centro Parte Baixa

Rua Duque de Caxias

Rua Cristovão Leal

Rua Prof. Pedro Vaz

Rua Pinto Ribeiro (da esquina c/a Rua Santos Dumont até a esquina com a Rua Luiz Ponce)

Trav. Mário Pinto dos Reis

Rua Luiz Ponce

Rua Oscar da Silva Marins

Rua Santos Dumont

Rua Jorge Lóssio

Rua Pinto Ribeiro(da esquina da Rua Santos Dumont até a esquina da Rua Duque de Caxias)

Rua Mamede Froes de Andrade ( antiga Rua do Paraguai)

Rua Juiz Antônio Ciani

Rua Benedita H. de Lima (do Jardim da Preguiça até a Ponte dos Arcos)

Rua Presidente Getúlio Vargas

Rua Nilo Peçanha

Rua Andrade Figueira

 

17:00 ás 17:30 hs – Ano Bom

Rua Abdo Felipe e transversais

Rua João Valiante e Transversais

Rua Tenente José Eduardo e transversais

por Comunicação PMBM

Após treinamento no Sebrae, empreendedores que querem ocupar quiosques do bairro Vila Brasília farão curso sobre MEI

Os jovens empreendedores que estão inscritos no edital para ocupação cultural do espaço Afro Rua, composto por 11 quiosques no bairro Vila Brasília, concluíram nesta quarta-feira, dia 4, a capacitação exclusiva realizada no auditório do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), no bairro Aterrado. Neste último dia de treinamento, os candidatos participaram do projeto AfroLab – um laboratório de experimentação de produto ou serviço.

 

“O Afrolab permite aos alunos o estudo de mercado e do produto que eles pretendem comercializar, além de testar esse produto. Após o aprendizado, eles montam um discurso para apresentar o projeto a uma banca avaliadora”, explicou a analista de Negócio do Sebrae de Volta Redonda, Julia Almeida.

A psicóloga Juliana Pereira da Silva, que faz parte do Coletivo Flor de Maio Humanizar, participou do curso e conta que tem sido bom em todos os sentidos. “Temos a ideia, mas com essa capacitação, conseguimos dar mais corpo, estruturar o projeto. Agora temos uma noção do projeto físico”, explicou Juliana, que junto com outras 14 mulheres trabalham com humanização de modo geral para mulheres vítimas de violência, mulheres que passaram por cirurgias complicadas, entre outras que necessitam do apoio do coletivo.

“Se conseguirmos ocupar o espaço Afro Rua, a idéia é prestar atendimento social para essas mulheres, a grande maioria negra, oferecendo expressão corporal, técnicas de relaxamento, todo o apoio psicológico que elas precisam”, acrescentou Juliana.

A capacitação contou com cinco oficinas e os candidatos participarão ainda de um treinamento sobre MEI (Microempreendedor Individual). A secretária municipal de Cultura, Aline Ribeiro, explicou que o projeto Afro Rua foi dedicado para jovens afroempreededores culturais, pois o bairro Vila Brasília é uma região com grande parte da população formada por jovens negros.

“Nosso objetivo é ressaltar o potencial que eles tem, dando oportunidades para mostrarem e comercializarem seus trabalhos. Através do Afro Rua, eles também poderão se reconhecer como agentes importantes para o desenvolvimento da parte econômica da cultura”, explicou Aline.

O edital do Afro Rua visa promover a seleção de projetos, bem como de ações relacionadas e afins, identificadas com a cultura afro em áreas como culinária, moda, beleza, audiovisual e produção cultural. Serão contemplados pessoas na faixa etária de 18 a 32 anos. O objetivo é integrar, num mesmo espaço físico, que está localizado na entrada do Bairro Vila Brasília, programas e ações culturais, práticas empreendedoras, formação e qualificação para o mercado de trabalho, de modo a promover a cidadania.

“O Sebrae é um parceiro do Governo Municipal em várias frentes. A capacitação vai ajudar no desenvolvimento dessa juventude do bairro Vila Brasília, que é uma região com grande potencial de crescimento cultural e econômico”, ressaltou o prefeito Samuca Silva.

 

Por Secom-VR com fotos de Gabriel Borges.

Foram 20 membros representantes do governo e dos servidores que terão um mandato de dois anos

O prefeito Samuca Silva empossou nessa quarta-feira (28) os novos membros do Conselho Administrativo e da Previdência Social de Volta Redonda. São 20 membros - dez titulares e outros dez suplentes – que são representantes da secretaria de Administração; os da Fazenda; os da Procuradoria Geral do Municipal (PGM); os do Sindicato dos Servidores Municipais. Têm ainda os representantes dos servidores ativos e inativos, além de membro indicado pela Câmara Municipal, Asvre (Associação dos Servidores de Volta Redonda) e do Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação).

foto de Gabriel Borges


O secretário municipal de Administração, Carlos Baia, foi nomeado como presidente do conselho, que tem o mandato de dois anos. “Conselho é conselho. Tem a função de fiscalizar, deliberar e normalizar. Acima de tudo é cuidar do que é dos servidores. Estamos à disposição e quero frisar que o nosso compromisso é com a legalidade”, afirmou Samuca Silva, prefeito de Volta Redonda.
 


Para o chefe do Executivo, a VR Previdência avançou nesta atual gestão municipal. “Da forma em que pegamos, o VR Previdência avançou muito. Havia débitos descontados dos servidores e não repassada à previdência. Conseguimos sanar essa questão. Pegamos uma dívida geral de R$ 1 bilhão, com R$ 12 milhões em caixa da prefeitura. O Tribunal de Contas determinou uma ordem cronológica para quitar o resto a pagar e estamos cumprindo a determinação”
 
Em relação ao VR Assistência, Samuca Silva lembrou está aberto o chamamento pública para o cadastramento de clínicas que querem atender os servidores. Não há prazo para terminar esse chamamento, segundo informou o secretário municipal de Administração, Carlos Baia. “Esse era um compromisso nosso: dar mais dignidade aos servidores ativos e inativos. A valorização do funcionalismo é uma promessa de campanha, no Plano de Governo”, finalizou Samuca Silva.  

Por SECOM-VR

Durante o evento serão anunciadas as novas atividades do Programa Melhor Idade Ativa, que conta hoje com 1.500 participantes.

A manhã desta terça-feira, 3 de abril, vai ser animada no Parque Tobogã. E motivos para isso não vão faltar. O principal deles é o número de pessoas, a maioria com mais de 60 anos, que promete marcar presença no local com muita energia para gastar num aulão de ginástica ao ar livre. O evento, que deve contar com mais de 500 pessoas, promete não só agitar o parque como também provar que com carinho, respeito e atividades físicas adequadas, é possível envelhecer de uma forma saudável e com muita qualidade de vida.

A atividade, que contará com a participação de 12 professores que já atuam no Programa Melhor Idade Ativa, desenvolvido pela Prefeitura de Resende, terá início às 8h com um café da manhã comemorativo à Páscoa. Logo depois, os integrantes do programa participarão do aulão de ginástica, que será finalizado com uma caminhada de “volta à calma” no entorno do parque. Durante o exercício, os idosos também serão incentivados a adotar técnicas de yoga para controlar a respiração, aumentando assim os benefícios desta atividade física para o seu organismo.

Durante o encontro, que deverá contar com a presença do prefeito Diogo Balieiro Diniz, serão anunciadas novas ações que serão incluídas no Programa Melhor Ativa, como cursos e atividades de lazer, como o Baile da Melhor Idade, que deverá ser realizado uma vez por mês, reunindo idosos de várias partes do município. A atividade, muito apreciada pelos integrantes do programa, ajuda a manter o corpo em movimento e promove a confraternização entre os idosos, além de ser um instrumento de inclusão social. E a primeira edição de 2018 já tem data para acontecer: será na próxima quinta-feira, 5 de abril, às 20h, no Espaço Tontina, com participação musical da dupla Willian & Misael.

- É muito importante que os idosos, além de conviver com pessoas mais jovens, também conversem entre si, se confraternizem, façam atividades sociais em grupos, porque são pessoas que têm interesses em comum. Com este tipo de evento, além de proporcionarmos a eles bons momentos de lazer, também estamos investindo no seu bem estar emocional e na sua qualidade de vida, que são fundamentais para as pessoas desta faixa etária - explica o coordenador do programa, Carlos Eustáquio Cunha.

Polos pela Cidade

Criado para valorizar, apoiar e incentivar quem já fez muito pela sua família, seu bairro e sua cidade, o Programa Melhor Idade Ativa conta atualmente com mais de 1.500 idosos inscritos. São homens e mulheres, com idade entre 50 e 90 anos, que participam de diversas atividades desenvolvidas pela Prefeitura num dos 32 polos do programa, espalhados pelos bairros Jardim Jalisco (Parque das Águas), Baixada Olaria, Visconde de Mauá, Rio Preto, Jardim Aliança II, Morro do Cruzeiro, Surubi, Cabral, Paraíso, Alambari, Vicentina, São Caetano, Fazenda da Barra II, Jardim do Sol, Cidade Alegria, Parque Minas Gerais, Toyota, Fazenda da Barra III, Vila Julieta (Parque Tobogã), Itapuca, Lavapés e Campos Elíseos.

Há bairros que comportam mais de um polo, onde são realizadas regularmente atividades como alongamento, ginástica, caminhadas e até exercícios como abdominais e flexões, realizados em um ritmo compatível e de forma adequada para este segmento. Além das atividades físicas, os polos de atendimento promovem ainda passeios, palestras sobre qualidade de vida e sobre patologias específicas da terceira idade, e eventos de sociais e de confraternização, como chás e cafés.

Como participar

Quem estiver na faixa etária atendida pelo programa e quiser participar das atividades desenvolvidas pode fazer sua inscrição no polo mais próximo de sua casa. Lá, além de preencher uma ficha com informações gerais, o idoso também deverá apresentar um atestado médico comprovando que ele está apto a realizar as atividades físicas propostas pelo programa.

Reforma do local será iniciada em abril

Servir 1,5 mil almoços e 600 cafés da manhã. Esse é o objetivo da prefeitura de Volta Redonda com a reabertura do Restaurante Popular da cidade, que volta a funcionar em setembro deste ano. Orçado em cerca de R$ 100 mil, através da secretaria municipal Ação Comunitária, o governo municipal irá iniciar uma reforma geral no restaurante ainda em abril.

 foto Internet

O prefeito Samuca Silva destacou que o local precisa de adequações na estrutura. “Vamos levar o projeto para aprovação do Corpo de Bombeiros, o que não havia antigamente. Esse é um serviço muito importante para Volta Redonda e a população, principalmente em um momento de crise financeira. Vamos levar alimentação de qualidade com preço acessível”, disse Samuca.
 


O processo licitatório para a contratação da empresa que irá operar a unidade já está sendo preparada pela administração municipal e deverá ser lançada ainda em abril. Já nesta quarta-feira, dia 27, uma equipe da Smac estará na sede do Corpo de Bombeiros, no Rio de Janeiro, para apresentar o projeto do novo Restaurante Popular.


O Restaurante Popular foi criado pelo Governo Estado e municipalizado em dezembro de 2016, através de projeto de lei, de autoria do vereador Washington Granato, aprovado pela Câmara de Vereadores.
 


O secretário de Ação Comunitária e vice-prefeito, Maycon Abrantes, ressaltou que o retorno do Restaurante Popular será um ganho para a população. “A gente sabe a importância de resgatar esse serviço para a população. Por isso vamos levar alimentação de qualidade e saudável para os moradores de Volta Redonda”, comentou Maycon Abrantes.

Por SecomVR

Município foi o único da região Sul Fluminense selecionado para receber o treinamento na plataforma EAD (Ensino a Distância);

 

O Instituto CCR realizou nesta segunda-feira, dia 2, uma reunião com cerca de 40 orientadores pedagógicos da Secretaria de Educação de Barra Mansa no Colégio Municipal Washington Luiz, no bairro Bom Pastor. Durante o encontro, foi apresentado o piloto de formação online para o programa Caminhos para a Cidadania, desenvolvido no município desde 2005 em parceria com a concessionária CCR Nova Dutra. Barra Mansa foi o único município da região Sul Fluminense escolhido para receber o treinamento na plataforma EAD (Ensino a Distância), outras sete cidades dos estados de São Paulo e Paraná também participarão do piloto.

A Coordenadora de Anos Iniciais da Secretaria de Educação, Alessandra da Mata, destacou a importância do programa para a conscientização dos mais de 4,5 mil alunos atingidos pelo programa de educação no trânsito. “Graças à implementação do curso, a mudança de comportamento nos alunos em relação ao trânsito já é perceptível. Os estudantes participam ativamente e esse treinamento online para os professores representa inovação e a prova de que essa parceria vem dando certo”, ressaltou.

A Agente de Sustentabilidade do Instituto CCR, Ariane Teles Santana, afirmou que o piloto de formação online representa uma nova sistemática para o programa Caminhos para a Cidadania, ação sócioeducacional que surgiu em 2002, com foco em segurança no trânsito, mobilidade urbana e cidadania no currículo do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental da rede pública. “Esse curso já era fornecido aos professores de forma presencial, esse ano estamos implantando através de uma plataforma EAD em oito municípios e Barra Mansa foi uma das cidades escolhidas”, explicou, salientando que o objetivo da reunião foi capacitar os orientadores pedagógicos transformando-os em agentes multiplicadores para os mais de 180 professores da rede municipal.

A Secretaria de Educação de Barra Mansa é parceira do projeto desde 2005. Segundo Ariane Teles Santana, isso contribuiu para que a cidade fosse a única cidade sul fluminense no trecho do estado do Rio de Janeiro administrado pela CCR Nova Dutra selecionada para a formação online. “Nós procuramos uma cidade que tivesse um número expressivo de professores no programa e Barra Mansa possui mais de 180 docentes. Ao longo desses 13 anos de parceria, o município está sempre engajado nas atividades e colaborando para o sucesso da iniciativa, fazendo com que se encaixasse perfeitamente dentro dos parâmetros exigidos para o piloto online”.

O curso terá a duração de dois meses divididos em oito módulos. A previsão é que se inicie no dia 16 de abril com término para 16 de junho. Através da plataforma, será possível baixar o curso e realizar as atividades de forma offline. “Os alunos que participam do curso tornam-se multiplicadores para a comunidade onde vivem e suas famílias. É importante sempre incentivar que dentro das metodologias de inteligências múltiplas a temática da educação do trânsito seja empregada, afinal, o aluno de hoje será o motorista de amanhã”, concluiu a Agente de Sustentabilidade do Instituto CCR.

CAMINHOS PARA A CIDADANIA

Considerado o maior programa privado de Educação de Trânsito do país, o Caminhos para a Cidadania leva noções e vivência sobre Educação de Trânsito aos educadores da rede municipal das 36 cidades às margens da via Dutra. Além dos conceitos de Educação de Trânsito, ações de cidadania também são protagonistas do programa, desenvolvidas e aplicadas por profissionais especializados contratados pela Concessionária. Com a capacitação oferecida pela CCR NovaDutra, os professores são formados para tornarem-se multiplicadores e formadores de cidadãos mais conscientes para o futuro. A Concessionária ainda oferece gratuitamente o material de apoio aos educadores, além de livros didáticos aos alunos envolvidos.

 

por Comunicação PMBM, com fotos de Chico de Assis

 

Serão injetados na economia do município mais de R$ 14 milhões referentes ao pagamento de 6 mil funcionários públicos; medida reforça compromisso do prefeito com os servidores
 
Cerca de 6 mil servidores públicos de Barra Mansa entre funcionários de carreira, cargos comissionados, inativos, aposentados e pensionistas terão o pagamento do mês de março antecipado para a próxima quinta-feira, dia 29, quando a prefeitura credita os salários nas contas dos trabalhadores. Serão injetados na economia do município mais de R$ 14 milhões às vésperas do feriado de Páscoa. A determinação é do prefeito Rodrigo Drable e com isso, a folha será quitada antes do prazo estabelecido pela legislação trabalhista brasileira, que é o quinto dia útil do mês seguinte ao trabalhado, ou seja, 6 de abril, e reforça o compromisso da atual gestão com o servidor público.

Fotos: Paulo Vitor


Segundo o secretário de Fazenda, Éverton Rezende, a medida é mais uma prova da austeridade do governo Rodrigo Drable e do compromisso com o servidor público. “Desde que o prefeito assumiu o governo, ele determinou que a prioridade da arrecadação do município fosse para manter a folha de pagamento em dia”, explicou.


Éverton afirma que serão injetados na economia de Barra Mansa cerca de R$ 14 milhões referentes ao pagamento dos salários. “Mesmo com a dificuldade financeira que muitos municípios estão enfrentando, a antecipação da folha de pagamento antes do quinto dia útil do mês é mais uma prova do comprometimento assumido com os funcionários”, completou.

ra o funcionário público Francisco Carvalho receber antecipadamente demonstra respeito com a classe. “Desde que assumiu, o novo governo vem mostrando sua preocupação com os servidores, suas famílias e a possibilidade de fazermos um planejamento financeiro melhor”.

Operação aconteceu na Escola Municipal Miguel Couto

A Prefeitura de Volta Redonda, através da secretaria municipal de Transporte e Mobilidade Urbana, realizou nesta segunda-feira, dia 2, mais uma fiscalização no transporte escolar. A operação aconteceu na Escola Municipal Miguel Couto, no bairro Jardim Normandia. O objetivo é inibir a atuação de transporte clandestino, além de fiscalizar os permissionários do transporte.

O secretário de Transporte e Mobilidade Urbana, Wellington Silva, destacou que a fiscalização continuará sendo feita. “Acreditamos que as operações realizadas estão tendo um retorno positivo, pois com a Fiscalização Ostensiva, os permissionários estão buscando a regularização, tratando suas pendências com a STMU. Por isso, as operações vão continuar de forma periódica”, disse o secretário.

No site oficial da STMU (www.voltaredondarj.gov.br) a população pode ter acesso a lista dos transportes escolares autorizados e os bairros e unidades escolares atendidas.

O intuito das operações é garantir a segurança dos alunos, informou o prefeito Samuca Silva. “Essas são operações de rotina e estão acontecendo desde o início do ano. Estamos assim protegendo as crianças que utilizam o transporte escolar. Essa fiscalização será rotineira em Volta Redonda”, comentou o chefe do Executivo.

 

Por SecomVR, com fotos de Gabriel Borges

Expediente, encerrado às 18h desta quarta-feira, dia 28,será retomado na próxima segunda, dia 2
 
A Prefeitura de Resende informa que o expediente nas repartições públicas municipais, que será encerrado às 18h desta quarta-feira, dia 28, voltará ao normal na próxima segunda-feira, 2 de abril , após o feriado da Semana Santa. Nesta quinta, 29, véspera do feriado de sexta-feira santa, foi decretado ponto facultativo na Prefeitura. Mesmo com o feriadão, no entanto, os serviços considerados essenciais, como recolhimento de lixo, emergências em saúde e Defesa Civil, entre outros, funcionarão normalmente, ou em regime de plantão, para atender à população.


 Na área da saúde, por exemplo, os casos de urgência deverão ser encaminhados para o Hospital Municipal de Emergência, no caso de pacientes adultos, e para o Hospital da Criança, nos casos de pediatria, ambos localizados no bairro Jardim Jalisco; além da UPA, situada na Grande Alegria. Além disso, a população ainda terá à disposição o Pronto-Atendimento do Paraíso e o serviço da Central de Ambulâncias, que pode ser acionado pelo telefone 3381.4493. Todas as unidades funcionam 24 horas por dia.
 

Durante o feriadão, outro serviço que funcionará normalmente é o recolhimento do lixo doméstico, cujo calendário de coleta será mantido com os mesmos dias e horários dos dias normais. A Defesa Civil, como de costume, também estará de plantão 24 horas durante todo o feriado para atender emergências como desmoronamentos ou enchentes, entre outros sinistros. Os agentes poderão ser acionados pelo telefone 199, com ligação direta e gratuita 24 horas. Já durante a noite, das 19h às 7h, uma equipe ficará de plantão na sede do serviço, no Centro Administrativo da Prefeitura, onde os contatos podem ser feitos pelo telefone 3360.9260.
 
A concessionária Águas das Agulhas Negras, empresa responsável pelos serviços de saneamento básico no município, também terá um funcionamento especial durante o feriadão. De acordo com a empresa, solicitações de carro-pipa e demais serviços deverão ser feitas pelo Disque 115 ou pelo telefone 3354.9115. Além disso, a concessionária também informou que dará continuidade aos serviços de manutenção preventiva da Estação de Tratamento de Água 31 de Março, nos dias 27 e 28, das 14 às 21h. Com isso, o abastecimento do bairro Vicentina poderá ficar comprometido neste período e a orientação é para que os moradores economizem água.

Secretaria de Infraestrutura também fez a limpeza de bueiros e de ruas 

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI) aproveitou o feriadão da Semana Santa para intensificar o trabalho de capina e principalmente o desentupimento de bueiros. Pelo caminho, também havia muito entulho nas ruas, praças e calçadas: foram recolhidas 120 toneladas. A equipe também fez podas de árvores no bairro Niterói. Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Toninho Oreste, foi um grande mutirão de feriado.

 

“A cidade precisa estar limpa, como mato cortado e principalmente com os bueiros limpos para que, com a vinda da chuva, os transtornos sejam minimizados. Essa é uma determinação do nosso prefeito Samuca Silva: deixar a cidade limpa e funcional”, comentou o secretário.

As equipes passaram por vários bairros, como Dom Bosco, Conforto, Ponte Alta, Jardim Suíça, ao longo da Rodovia Lúcio Meira (BR-393), a partir do Casarão e limpeza no bairro São Geraldo, com a retirada do que já foi  capinado.

“Somente na área da Ponte Alta, Via Sérgio Braga, 207, Via Expresso Afrânio Afrânio Bastos, a partir da cabine da PM, colocamos seis equipes fazendo um mutirão de limpeza de final de semana. O importante foi aproveitar o feriadão, quando o movimento de carros é menor, as equipes produzem mais sem os obstáculos e os riscos”, disse Toninho Oreste.

As equipes foram reforçadas com mais trabalhadores para o serviço de limpeza, com a capina e a retirada de entulhos. Este mutirão é feito nos fins de semana e em partes do dia que não estão chovendo. Dias secos facilitam muito para a secretaria.

Outra equipe trabalhou até o final da tarde do sábado, 31, com o uso do caminhão lava jato, de água por pressão. Somente na Avenida Almirante Adalberto de Barros Nunes – a Av. Beira Rio, no Retiro, foram desobstruidos 22 bueiros. Eles estavam entupidos por areia e, principalmente, folhas de árvores que são arrastadas pelas chuvas.

 

Por Secom VR com fotos de Gabriel Borges

Encenação teatral, apresentações de dança e do coral fazem parte da programação

A Academia da Vida Oscar Cardoso comemorou nesta terça-feira, dia 27, dezesseis anos. Para marcar a data, os alunos realizaram diversas apresentações, como encenação teatral, apresentações de dança e coral, além de brincadeiras diversas. Cerca de 480 alunos participaram das atividades, que aconteceram na entrada do setor laranja, no Estádio Raulino de Oliveira, no bairro Aterrado. A Academia da Vida, conhecida como a sexta escola da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), é voltada para a terceira idade e desenvolve ações nas áreas de educação, saúde, arte e cultura.

 

Márcia Regina da Silva Campos é diretora geral da Academia da Vida. “A Academia da Vida é uma instituição ímpar, pois os idosos participam por amor ao trabalho que desenvolvemos com eles. Não existe nada que os prendam aqui, eles participam porque realmente gostam. Aqui as pessoas se sentem muito vivas, se sentem parte do mundo”, disse Márcia.

 

O prefeito Samuca Silva ressaltou a importância da Academia da Vida para os idosos de Volta Redonda. “A terceira idade tem uma importância muito grande para Volta Redonda e nossa missão é fortalecer cada vez mais as ações para os idosos. Um dos avanços foi à implantação do Hospital do Idoso, recentemente, que oferece atendimento exclusivo para a melhor idade”, destacou Samuca Silva.

 

Entre as atividades oferecidas na Academia da Vida estão: alfabetização; português básico; matemática básica; cursos básicos de atualização (português, saúde, mundo contemporâneo, arte e informática); cursos de extensão (dinâmicas e reflexões, educação financeira, inglês, mundo contemporâneo II, informática II, robótica, meio ambiente, bem viver, PAV (Programa de Apoio ao Voluntariado); cursos optativos (teatro amador, canto coral, dança e coreografia, oficinas de criação).  

   

O aposentado João Amorim Neto, de 72 anos, participou do teatro e do coral.  
“Eu participo das atividades da academia há bastante tempo, toda vez que eu faço o teatro, parece que é a primeira vez. É sempre muita emoção”, disse.

 

A aposentada Consueli Matildes da Silva Sarria, de 62 anos, deixou um conselho para quem ainda não participa da Academia. “Nessa idade a gente acaba redescobrindo muita coisa que a gente queria fazer antes e não fez. Eu recomendo que as pessoas participem da Academia da Vida”, disse Consueli. 



Por SECOM/VR, com fotos de Geraldo Gonçalves.

PUBLICAÇÃO

Login (2)

Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim