Banner 776 x 186 topo

Guia comercial e classificados on-line.

Feeds Notícias

 

A Secretaria de Saúde, pelo setor de Saúde na Escola, fortifica a alimentação com micronutrientes em pó

 

O município de Volta Redonda pratica a estratégia de fortificação da alimentação infantil com micronutrientes em pó, NutriSUS, do Ministério da Saúde. O programa prevê a adição direta de nutrientes à alimentação oferecida às crianças entre os seis e 48 meses de idade (antes de completarem quatro anos) nas creches municipais.

 

Leia mais...

Ação em homenagem ao Dia Mundial da Natação reuniu diversos alunos de programas da Smel 

Neste domingo, dia 8, foi realizado no Novo Parque Aquático na Ilha São João, um Festival de Natação. Cerca de 130 atletas participaram das atividades e mais de 300 pessoas compareceram ao local para prestigiar a ação.

Leia mais...

De acordo com Finad Volta Redonda, valor doado pode ser de até 3% na Declaração do Imposto de Renda

 

A campanha para arrecadar recursos através de percentual do Imposto de Renda (IR), com o objetivo de ajudar o Fundo para Infância e Adolescência de Volta Redonda (FINAD), se encerra neste mês de abril. Os interessados em doar para projetos destinados à defesa da criança e do adolescente podem destinar até 3% do imposto pago à Receita Federal.

 

Leia mais...

Projeto faz parte do conceito de Cidade Inteligente e Humana e visa oferecer mais segurança nas entradas e saídas da cidade

 

Com o objetivo de reforçar a segurança nas entradas e saídas da cidade, a Prefeitura de Volta Redonda vai implantar um projeto pioneiro na região. Chamada de “Cercas Inteligentes”, a iniciativa está sendo desenvolvida em parceria entre a EPD-VR (Empresa de Processamento de Dados de Volta Redonda), UFF (Universidade Federal Fluminense), Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal. A previsão é de que ainda no mês de abril o escopo final do projeto seja apresentado ao prefeito Samuca Silva.

Leia mais...

Cerimônia foi realizada no auditório da Secretaria de Educação, no bairro Niterói

 

Na manhã desta terça-feira, dia 10, quatro membros do Conselho Municipal de Educação de Volta Redonda tomaram posse, no auditório da secretaria de municipal de Educação (SME). O conselho tem como objetivo promover a educação, desenvolvendo e fortalecendo o Sistema Municipal de Ensino.

 

Leia mais...

Praça Teixeira Campos, no Centro, ficou lotada durante os três dias de realização do evento

Três dias de praça cheia e muita diversão. Foi assim o “Circuito da Cerveja Artesanal”, realizado no último final de semana, na Praça Teixeira Campos, no Centro. De sexta-feira a domingo, a cidade recebeu o evento, realizado pela Prefeitura de Pinheiral, através da Secretaria de Esporte, Cultura, Lazer e Turismo e o Festival Urbana. O público teve a oportunidade de experimentar diversos tipos de cervejas artesanais, comidas dos food trucks, dos quiosques da praça, e também curtir muita música ao vivo com os artistas da cidade. A estimativa é que durante os três de realização do evento, cerca de 4.500 pessoas passaram pelo local.

Leia mais...

Na maioria das unidades, a última recarga de extintor havia sidofeita em 2009. Outras nem tinham o equipamento de segurança.

 

A Secretaria Municipal de Educação iniciou, em 2017, a substituição e recarga de todos os extintores de incêndio, a realização de serviços de limpeza de fossas e caixas d'água, além da dedetização das 62 unidades escolares que compõem a Rede Municipal de Ensino de Resende. Em 15 meses, mais de R$ 70 mil já foram investidos neste serviço.

 

Leia mais...

Certames da administração direta estão sendo feitas por pregão eletrônico

A Prefeitura de Volta Redonda, através do site oficial www.voltaredonda.rj.gov.br, divulga as licitações que serão feitas pela administração municipal. O objetivo, além de atrair mais fornecedores e aumentar a concorrência, é gerar mais transparências aos atos do governo.

- lembre-se de colocar a imagem do banner para aparecer no APP em vez do loadposition

Leia mais...

 Unidade fica no bairro Água Limpa e começa os atendimentos nesta quarta-feira, dia 11

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, entrega à população nesta quarta-feira, dia 11, às 9h, a Unidade Descentralizada de Fisioterapia, no bairro Água Limpa. O espaço fica na Rua Felipe dos Santos, nº 340, e vai atender aos moradores do bairro, além de beneficiar a população do Jardim Amália I e II, Jardim Normândia, Vila Rica/Três Poços, Caieiras, Cailândia e Brasilândia.

 

Leia mais...

Documento passa a ser emitido na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda.

Porto Real

Como peça fundamental para início das atividades de qualquer empresa, foram emitidos na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, na última quarta-feira, 4, os primeiros alvarás de Licença, Localização e Funcionamento. De acordo com o Decreto 2203 de 6 de fevereiro de 2018, a partir deste mês os documentos deverão ser solicitados ou renovados na Rua Estevam Domingos Pederassi, número 164, Centro. Anteriormente o documento era concedido pelo Departamento de Arrecadação Tributária (DAT), no prédio da Prefeitura de Porto Real. O documento que tem como objetivo estimular a regularização de novos negócios no município é emitido em até dez dias, após a aprovação da viabilidade e dependendo do ramo de atividade da empresa.

 

 

Para o assessor de Atendimento ao Cidadão, Ademir Bitencourt, o início da emissão de alvará na Secretaria visa oferecer serviços com mais celeridade e agilidade. “Essa condição irá propiciar melhores relações entre as empresas já instaladas no município e com as futuras”.

Segundo Ademir, as empresas cujas atividades constituam baixo risco, poderão dispor do alvará provisório por 120 dias, mas alertou que para os demais processos para a emissão do documento seguirão a rotina de vistorias realizadas pelos órgãos competentes. Para a emissão do alvará por prazo definitivo, as empresas deverão cumprir todas as exigências devidamente notificadas. “As empresas que já desenvolvem atividades no município passam anualmente por avaliações e vistorias e caso esteja em situação regular, de acordo com a legislação vigente, é reemitido um novo alvará”, explica.

“Com a implantação da Lei Geral da Microempresa pelo município de Porto Real (prevista na Lei Complementar 123/2006), que concede às Microempresas (ME), Empresas de Pequeno Porte (EPP) e aos Microempreendedores Individuais (MEI), o tratamento tributário diferenciado, fica garantido com a simplificação e redução na burocracia, em todos os órgãos da administração Federal, Estadual e Municipal, a participação nas licitações de compras e serviços públicos, bem como a emissão de alvará provisório para empresas que explorem atividades de baixo risco”, afirma o assessor.

A secretária da pasta, Vanessa Miranda, ressalta que a ação é uma atuação integrada entre as secretarias, na busca de inovações para facilitar o atendimento às empresas, além de promover agilidade e facilidade aos procedimentos administrativos. “Agimos no intuito de sermos agentes facilitadores na emissão desse tão importante documento. Acredito que a Secretaria seja o local mais adequado para desenvolvimento do processo, pois é uma das formas de garantir geração de emprego e renda para o município”.

Dono de um alambique de cachaça artesanal a ser instalado no município, o ME, Gerson Tavernari, foi um dos primeiros empresários a receber o alvará de funcionamento para seu estabelecimento, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda. “Emitido de forma rápida, o meu alvará representa o ponta pé inicial para estruturar meu negócio, que será um ganho tanto para mim quanto para o município" (com o Imposto Sobre Circulação De Mercadorias e Serviços –ICMS).

Licença

O alvará é uma licença que permite a funcionalidade de estabelecimentos comerciais. Para renovar ou adquirir a licença, os responsáveis pelas empresas comerciais devem se encaminhar à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, estar com os dados da empresa e retirar o Documento de Arrecadação Municipal (DAM). Após o pagamento do DAM, o alvará será emitido.  A emissão se faz necessária para as empresas iniciarem ou continuarem operando na cidade. “O alvará permite que uma empresa funcione em determinado município. Quem não o tem, ou não o renovou, está sujeito a fiscalizações e será impossibilitado de continuar as atividades comerciais”. O documento autoriza o uso e o funcionamento do imóvel de acordo com a Legislação Municipal e Urbanística em vigor.

Todos os estabelecimentos (agrícolas, industriais, comerciais, bancários, prestadores de serviços, bem como de sociedades, instituições e associações de qualquer natureza, vinculadas a pessoas físicas ou jurídicas) devem possuir um Alvará de Funcionamento.

 

Comunicação-PMPR com foto de Dorinha Lopes

Foram debatidos mudanças no trânsito, implementação de faixas exclusivas de ônibus e incentivos a pedestres e ciclistas

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se reuniu na manhã desta segunda-feira, dia 9, com técnicos da Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana e do IPPU-VR (Instituto de  Pesquisa e Planejamento Urbano). Em pauta, elaboração e execução de projetos para a mobilidade urbana das principais vias do município. Participaram também da reunião o presidente do IPPU, Márcio Lins, e o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Wellington Silva.

Leia mais...

Empresa construiu prédios de três andares para engenheiros, mas local privilegiado  fez o bairro crescer com hotel e novos investimentos residenciais 

O bairro Bela Vista faz jus ao nome. Para quem chega lá, antes tem que superar um morro de 435 metros de altitude mas terá uma visão parcial de boa parte da cidade de Volta Redonda e da Usina Siderúrgica Nacional. Segundo levantamento feito pelo IPPU(Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano), da prefeitura, o bairro nasceu como prioridade para a construção de casas para os engenheiros contratados pela então empresa estatal, Companhia Siderúrgica Nacional(CSN), que vieram de várias partes do Brasil e de outros Países.

 

 

Uma sequência de prédios de três andares enfileirados, com bons apartamentos, foram reservados para os profissionais que chegaram para trabalhar na Usina. Oficializado por decreto municipal em 1979, o bairro abriga o mais antigo hotel em atividade, o Hotel Bela Vista, que é administrado pela Fundação CSN desde fevereiro de 2005 quando passou a ministrar curso de hotelaria gratuitamente. As ruas do Bela Vista são identificadas por números( 17 A, 17 B,  17 C, 17 D, 19, 19 A), e a bela praça, a Praça José Dias Ferreira. Tem cerca de 850 moradores (Censo IBGE 2000) e está em crescimento habitacional. Entre os principais estabelecimentos destaca-se o Hotel Escola Bela Vista e o Distrito de Obras do SAAE Bela Vista. 

O gerente de Hotelaria, Jacques Brunswick, lembra que o hotel com 72 anos de funcionamento (construído na década de 40) por causa da fundação da Usina Siderúrgica, recebeu os engenheiros americanos que vieram atender a empresa, e ficariam por um longo tempo em Volta Redonda.

Tanto que o hotel parece o estilo de uma grande casa, espaço interno alto, de quartos com armários e uma arquitetura colonial. Acredito que deve ser o único hotel para hospedagem com refeições e eventos juntos”, comentou o gerente.

Próximo ao Hotel está em funcionamento uma Usina Solar Fotovoltaica, Unidade Piloto de 39,2 kwp, projeto da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico de Engenharia(FDTE), do programa de pesquisa e desenvolvimento da ANATEL( Agência Nacional de Energia Elétrica).

Tombado como patrimônio histórico municipal, e com um total de 121 apartamentos para o público, o gerente Jacques Brunswick confirmou que um dos apartamentos (a suíte 123), foi ocupado pelo ex presidente Getúlio Vargas quando vinha a cidade descansar e acompanhar as obras. “O apartamento que preservou alguns dos móveis usados por Getúlio Vargas pertencem à presidência da CSN”, explicou.  Historiadores garantem que Getúlio se tornou um grande amigo do primeiro prefeito eleito na cidade, Sávio de Almeida Gama. 

Na área residencial, um edifício com 19 apartamentos está sendo finalizado e deve  ser entregue aos futuros moradores ainda no mês de maio. As vantagens do bairro são enumeradas pelos moradores e comerciantes ouvidos: “Um bairro muito tranqüilo, perto do centro, com um bom serviço de limpeza e coleta de lixo feito pela prefeitura. Não precisamos de mais nada” resume os entrevistados.

Este é o pensamento de Bruno Rodrigues, 20 anos, técnico operacional da Petrobrás, Jorge Luiz, 45 anos, técnico de manutenção. A dona Maria Inês da Costa afirmou que “o bairro tem gente idosa que não dirige mais e portanto, torna-se fundamental o bom atendimento na linha de ônibus que atende o bairro normalmente”.

O gerente da casa especializada em peixe, Geovani Hipólito, 42 anos, comemora já ter recebido o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux numa comitiva de 20 juristas, as atrizes como Viviane Araújo, Eva Vilma, os cantores  Djavan, Gustavo Lima, Bruno e Marrone e outros famosos, até nome internacional. ”Recebemos clientes de todos os lugares e gente famosa para saborear o prato principal da casa, pintado na brasa”, afirma Geovani.

 

Secom-VR com fotos de Evandro Freitas

PUBLICAÇÃO

Login (2)

Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim