Banner 776 x 186 topo

Guia comercial e classificados on-line.

Saúde de Volta Redonda realiza mutirão de exames noturno

Horário estendido ampliou oferta e já foram agendados mais de 12 mil exames no estádio Raulino de Oliveira; meta é chegar a 15 mil

 

Para atender mais cidadãos de Volta Redonda, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vem realizando o mutirão de exames também em período noturno no Centro de Imagem do Estádio Raulino de Oliveira, no Jardim Paraíba. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, e aos sábados, das 7h às 19h.

 

 

Iniciado no dia 1º de fevereiro, o mutirão já agendou mais de 13 mil exames até o dia 6 de abril e está previsto para terminar no próximo dia 30, podendo ter o prazo prorrogado de acordo com a demanda.

 

“A oferta de ultrassonografias gerais, mamografias e raios X aumentou com o mutirão e queremos reduzir bastante o tempo de espera por esses exames”, explicou a coordenadora da Divisão de Média Complexidade, Flávia Lipke Ensenãt.

 

O agendamento é feito através do SISREG (Sistema de Regulação do Ministério de Saúde) com critérios de classificação de prioridades. O mutirão é voltado para pacientes inseridos no sistema pela Atenção Básica do município que aguardam pela marcação do exame.

 

Horário estendido ampliou oferta e já foram agendados mais de 12 mil exames no estádio Raulino de Oliveira; meta é chegar a 15 mil

 

O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, lembrou da importância do comparecimento aos exames para não prejudicar o atendimento da população.

 

“Em todo esse período tivemos 34% de faltas aos exames agendados. Quem não puder comparecer, pedimos que avise à unidade de Atenção Básica para que possamos atender outra pessoa e agilizar o mutirão”, frisou o secretário.

 

Para o prefeito Samuca Silva, a ampliação de horário do mutirão está sendo fundamental para melhorar o atendimento à população.

 

“Queremos realizar 15 mil exames em três meses, para tornar mais ágil o atendimento ao cidadão. É importante o comparecimento ou informar a impossibilidade de ir, para que as pessoas que precisam do exame sejam atendidas da melhor forma possível”, acrescentou o prefeito.

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de Evandro Freitas. / Secom VR

 

PUBLICAÇÃO

Login (2)

Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim