Guia comercial e classificados on-line.

Equipamentos atuais foram criados há mais de 20 anos

     A Empresa de Processamentos de Dados (EPD) de Volta Redonda enviará à Câmara Municipal, ainda neste mês, um projeto de lei para a criação e a regulamentação do "VR Parking" (estacionamento rotativo). O novo sistema, que segue os mesmos moldes do Zona Azul de São Paulo, é uma tecnologia que substituirá os parquímetros físicos e a impressão do ticket por um aplicativo digital nas cobranças das vagas nos estacionamentos dos principais pontos comerciais do município. LEIA Nota Oficial da Prefeitura de VR - AQUI!

Foto: Reprodução da Internet

     As informações foram passadas pelo presidente da EPD, Matheus Moreira Cruz, responsável pela mudança, que explicou:

     - Os motoristas irão adquirir os seus tickets através de um aplicativo. É mais seguro e eficiente. Hoje, a manutenção dos atuais parquímetros é muito elevada. Temos os custos de recolher as moedas diariamente, de reposição de peças e impressão dos tickets - disse o responsável pela autarquia, que continuou.

     - A ideia da EPD é que seja realizada uma concessão do serviço para uma empresa privada prestar o serviço, com a fiscalização da prefeitura. Já foram realizados os estudos técnicos que demonstram a viabilidade do projeto.

 EQUIPAMENTOS VELHOS 

      Os atuais equipamentos, ainda de acordo com o presidente da EPD, são obsoletos e foram fabricados há mais de 20 anos. Dos atuais 56 equipamentos, 46 estão funcionando. Eles são divididos entre os bairros: Vila Santa Cecília (22 parquímetros), Aterrado (21), Avenida Amaral Peixoto (11), além da  Rodoviária Francisco Torres (dois).

     - São equipamentos franceses, que já saíram de linha pelo fabricante; no Brasil, existe apenas uma empresa habilitada para dar manutenção e suporte. Temos uma grande dificuldade para a reposição das peças - contou. 

 "ESTÁ NA HORA DE ACABAR COM AS MOEDINHAS - DIZ PREFEITO

      - O estacionamento rotativo precisa evoluir. Hoje, privilegia quem deixa o carro por muito tempo. Vai contra a mobilidade e contra a modernidade. Além disto, estamos atuando na questão do flanelinha. Está na hora de acabar com as moedinhas - disse o prefeito Samuca Silva.

Qualidade em 1º lugar!

 

PUBLICAÇÃO

Login (2)

Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
Banner lateral 4
Banner lateral 9
Banner lateral 6
Banner lateral 8
Banner lateral 7
Banner lateral 3
Banner lateral 2
Banner lateral 1
Banner lateral 5