Banner 776 x 186 topo

Guia comercial e classificados on-line.

Doação de IR para crianças e adolescentes termina em abril

 

De acordo com Finad Volta Redonda, valor doado pode ser de até 3% na Declaração do Imposto de Renda

A campanha para arrecadar recursos através de percentual do Imposto de Renda (IR), com o objetivo de ajudar o Fundo para Infância e Adolescência de Volta Redonda (FINAD), se encerra neste mês de abril. Os interessados em doar para projetos destinados à defesa da criança e do adolescente podem destinar até 3% do imposto pago à Receita Federal.

 

“Podem participar pessoas físicas e jurídicas e quem fizer a doação, terá o valor deduzido do Imposto de Renda. O valor é determinado no preenchimento da declaração do IR que tem prazo até 30 de abril,”, explicou a gestora do Finad em Volta Redonda, Rose Duque.

 

Quem controla os recursos do Finad em Volta Redonda é o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). De acordo com Rose Duque, a verba é usada para financiar projetos das Organizações da Sociedade Civil registradas no conselho.

 

 

A pessoa física que investir contribuirá com o desenvolvimento de projetos de defesa dos direitos de crianças e adolescentes com vulnerabilidade social, além de fortalecer programas de acompanhamento e formação continuada de adolescentes.

 

De acordo com o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, os recursos são fiscalizados pelo CMDCA e as entidades que receberem essa verba precisam prestar contas da utilização do dinheiro. “É importante que as pessoas contribuam para esses projetos. O valor arrecadado é destinado para atender políticas públicas para crianças e adolescentes de Volta Redonda, que estejam em situação de vulnerabilidade social”, explicou o prefeito.

 

Confira como doar passo a passo no ato da Declaração do Imposto de Renda:

 

Passo 1:

A declaração deve ser “Por Deduções Legais“.

 

Passo 2:

Após a declaração completamente preenchida, com todos os dados inseridos, vá na barra lateral de opções e, em Resumo de Declaração, clique em Doação Diretamente na Declaração – ECA.

 

Passo 3:

Para cadastrar sua doação, selecione o Tipo de Fundo como MUNICIPAL. Depois escolha o Estado “RJ – Rio de Janeiro” e a cidade de “VOLTA REDONDA“.

 

Passo 4:

Digite o valor que você deseja doar, destacando que o próprio programa calcula qual é o valor máximo possível para doação do imposto a pagar/pago, que na declaração deste ano (2018), para o ano-base (2017) é limitada a 3%. E clique em OK para encerrar. Por isso é importante preencher toda a declaração antes, pois somente assim o programa conseguirá calcular quanto você pode doar, com base no quanto terá a pagar ou pago/retido na fonte.

 Neste exemplo nosso, o contribuinte tem restituição de imposto a receber, mesmo assim ele pode destinar para o Fundo da Criança. O que for destinado será acrescentado na sua restituição. Pode destinar imposto quem tem restituição a receber e também quem tem imposto a pagar.

 

Passo 5:

Na barra lateral, ainda no Resumo da Declaração, clique em Cálculo do Imposto e veja que o valor da doação já entrou no campo Dedução de Incentivo.

 

Passo 6:

A seguir, na barra lateral, entre na opção Imprimir e clique em DARF — Doações Diretamente na Declaração— ECA para gerar a DARF da sua doação (destacando que, mesmo doando parte do IR retido na fonte, precisa-se pagar a DARF e receber o valor de volta na restituição).

 

Passo 7:

DARF: O sistema irá gerar um DARF (como no exemplo abaixo) — sob o código 3351 —, que é uma guia para pagamento até 30/04/2018 na rede bancária. Se você tiver imposto a pagar (e não tiver apenas retido na fonte) também terá outro DARF a gerar (do imposto restante) para gerar no menu Impressões.

 

O FINAD (Fundo Para Infância e Adolescência) está a disposição para esclarecer quaisquer dúvidas pelo telefone (24) 3341-7034.

 

Por Secom-VR

 

 

PUBLICAÇÃO

Login (2)

Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim